7 de novembro de 2011

"(...) Acho-me relativamente feliz
Porque nada de exterior me acontece...
Mas, em mim, na minha alma,
Pressinto que vou ter um terremoto"

(Mário Quintana)

Nenhum comentário:

Postar um comentário