19 de dezembro de 2011

Saudade..

Como lembrar o que nunca foi esquecido?
Acho que na verdade não me lembro, mas sim vivo um pouquinho de você todos os dias...

(Silvana Oliveira)

Um comentário: