29 de dezembro de 2011

O ENCANTO NOSSO DE CADA DIA!

"...Há uma beleza escondida nas passagens... Vida antiga que se desdobra em novidades. Coisas velhas que se revestem de frescor. Basta que retiremos os obstáculos da passagem. Deixar a vida seguir. Não há tristeza que mereça ser eterna. Nem felicidade...

...Abra os olhos. Há encantos escondidos por toda parte. Presta atenção. São miúdos, mas constantes..."

(Padre Fábio de Melo)

27 de dezembro de 2011


Hoje, e todos os dias, eu sei o que realmente importa...
É  palavra amiga daqueles que vemos vez ou outra, mas que permanecem dentro de nós...
É aquele sorriso bobo, que te recebe de alma leve e coração aberto...
É aquela música, que te faz dançar com a ponta dos pés...
É a lembrança, que te transporta para um momento que se foi, mas que te faz feliz de novo...
É saber que a família é sagrada... 
Que aqueles que amamos estão bem...
E que apesar de tudo...somos amados também...
É estar aí quando você precisa...e é ter você aqui quando o coração quer colo...
O que realmente importa é o que te leva pra frente...o que faz o coração tranquilo e
 te deixa pertinho de DEUS...

(Silvana Oliveira)



Que o novo se manifeste em minha vida, mas que eu saiba perpetuar todas as alegrias já colhidas...    
(Silvana Oliveira)   

23 de dezembro de 2011


É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.
(Carlos Drummond de Andrade)




19 de dezembro de 2011

Saudade..

Como lembrar o que nunca foi esquecido?
Acho que na verdade não me lembro, mas sim vivo um pouquinho de você todos os dias...

(Silvana Oliveira)

14 de dezembro de 2011

De tudo, ao meu amor serei atento...





Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento





(Vinicius de Moraes)

12 de dezembro de 2011


Que a felicidade seja vagarosa, que a dor seja rápida, mas que eu saiba sentir o gosto de cada uma delas sem nunca me esquecer que sempre tem mais... mais felicidade, mais dor, mais VIDA!

(Silvana Oliveira)
"Depois de tantas buscas, encontros, desencontros, acho que a minha mais sincera intenção é me sentir confortável, o máximo que eu puder, estando na minha própria pele. É me sentir confortável, mesmo acessando, vez ou outra, lugares da memória que eu adoraria inacessíveis, tristezas que não cicatrizaram, padrões que eu ainda não soube transformar, embora continue me empenhando para conseguir."
(Ana Jácomo)


11 de dezembro de 2011



Eu sempre soube que você ficaria guardado aqui dentro de mim...
e sempre soube que você voltaria...
e voltaria para me fazer chorar...para me fazer sorrir...
para me fazer lembrar que o melhor pra mim só podia ter sido você...

(Silvana oliveira)