10 de janeiro de 2012

E que a vida seja doce...

Quero doçura ...
Quero  gargalhadas, riso rasgado, rir até não poder mais;
Quero amor...amar, amar e amar;
Doçura estonteante de sonhos esparramados pelo chão;
Quero alma leve, coração aberto, a doce certeza de que estou fazendo a coisa certa...
Quero matar meus dragões e construir meus castelos...
Quero final feliz...

(Silvana Oliveira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário