15 de junho de 2013

E aquela vez foi como nunca e sempre:
vamos ali onde não espera nada
e achamos tudo o que está esperando.

(Pablo Neruda)

Nenhum comentário:

Postar um comentário