11 de julho de 2013

E o que é que eu posso contra o encanto,
Desse amor que eu nego tanto
Evito tanto e que, no entanto,
Volta sempre a enfeitiçar.
(Chico Buarque)

Nenhum comentário:

Postar um comentário