19 de dezembro de 2014


Não sei por que você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristezas vou viver

E aquele adeus não pude dar


Você marcou na minha vida

Viveu, morreu

Na minha história

Chego a ter medo do futuro

E da solidão

Que em minha porta bate

E eu

Gostava tanto de você

Gostava tanto de você

Eu corro, fujo desta sombra

Em sonho vejo este passado

E na parede do meu quarto

Ainda está o seu retrato

Não quero ver pra não lembrar

Pensei até em me mudar

Lugar qualquer que não exista

O pensamento em você

E eu
Gostava tanto de você

PS: Ainda Gosto Tanto de Você...

2 comentários:

  1. Estive a ver e ler algumas coisas, não li muito, porque espero voltar mais algumas vezes, mas deu para ver a sua dedicação e sempre a prendemos ao ler blogs como o seu.
    Natal é mais verdadeiramente Natal quando nós celebramos dando a luz do amor àqueles que necessitam mais. Feliz Natal para si e para todos os seus.
    São os votos do Peregrino E Servo.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou! Acho maravilhoso poder compartilhar de bons pensamentos, bons sentimentos e espero, de coração, que você e os seus tenham um 2015 cheio da leveza e encanto que a vida merece. :)

      Excluir