18 de maio de 2015


(...) 
O céu está vazio.
Há anos que amo este homem.
Um homem a quem ainda não dei nome.
Um homem que amo.
Um homem que me abandonará.
O resto, diante, atrás de mim, antes e depois de mim, é-me indiferente.
Amo-te.
(…)


_Marguerite Duras

Bem, eu realmente aprendi algumas coisas e uma delas é que a felicidade não tem nada a ver com a aprovação das outras pessoas.

 O que é realmente importante é estar feliz com você mesmo, encontrar alguém que é importante para você e seguir adiante sem ligar para que os outros falam.


_Kurt Cobain.

Quando eu deixei de olhar tão ansiosamente para o que me faltava e passei a olhar com gentileza para o que eu tinha, descobri que, de verdade, há muito mais a agradecer do que a pedir...

— Ana Jácomo.

15 de maio de 2015


Desenhei você dentro da esperança mais casta. 
E te esperei na manhã inaugurada pela paciência cultivada. 
Sei que precisava estar pronta enquanto o seu ser se preparava para ter coragem porque você sabe dos meus longos voos e da intensidade de cada mergulho. 
Escrevi nossa história em páginas de amor reciclado. 
Reaproveitei meu passado até deixá-lo ir: fiquei com o aprendizado. 
E guardei todo o espaço em branco para que preenchêssemos juntos. 
Inteiros. 
Certeiros na carícia arrendondada de cada frase. 
Incoerentes, mas coesos. 
Pacientes, mas entusiasmados. 
E, agora sabes que, juntos, teremos todas as licenças poéticas para, de mãos dadas, fluir lado a lado.
Te recebo, aceito e agradeço.

Você é uma boa notícia.


_Marla de Queiroz

Se em certa altura 
Tivesse voltado para a esquerda em vez de para a direita; 
Se em certo momento 
Tivesse dito sim em vez de não, ou não em vez de sim; 
Se em certa conversa 
Tivesse tido as frases que só agora, no meio-sono, elaboro — 
Se tudo isso tivesse sido assim, 
Seria outro hoje, e talvez o universo inteiro 
Seria insensivelmente levado a ser outro também.


— Fernando Pessoa

Bastava que ela me dissesse: vamos. E eu iria. Não sei para onde. Não imagino para onde. Mas iria. Feliz como nunca. Feliz como estou feliz sempre que estou com ela. Vamos, diria ela, nos meus sonhos mais utópicos. E eu iria. Mas não vou. Ela não diz. Ela não diz nada e eu vou aguentando esta sucessão de nadas que tento transformar em tudo. 
Amar é transformar uma sucessão de nadas em tudo.



_Pedro Chagas Freitas

...tenho passado os dias a arrecadar velharias na memória...

                                                                             _Al berto