10 de novembro de 2011

Agora é assim. De um lado a poesia o verbo a saudade. Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim. E o fim é belo incerto... depende de como você vê. O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só


Nenhum comentário:

Postar um comentário