11 de novembro de 2012



Talvez um dia eu acorde diferente! Sim...eu acorde com vontade de respeitar minhas vontades... Darei meu grito de alforria... e deixarei de ser elo de minha própria infelicidade! Neste dia, meterei os pés pelas mãos, sem medo de ser feliz. Botarei um riso na cara...escancarado, que é bem verem a minha alegria. Neste dia... eu ousarei me colocar em primeiro lugar, e então, subirei num pedestal. Aplaudirei de pé minha vitória, e de cabeça erguida comemorarei ser quem eu sempre quis ser: Eu!!! Talvez um dia eu acorde...talvez! 
(Mell Glitter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário